Wiki The Witcher
Advertisement

"Observem bem, bravos guerreiros, o basilisco, rei das serpentes! Uma gota de seu veneno pode matar um exército, incluindo os cavalos!"

Os basiliscos, também conhecidos cientificamente como régulos (regulus), são répteis cujo veneno contém a neurotoxina mais potente conhecida. Sua picada, se atingida em qualquer lugar do corpo, mata em questão de segundos. Seu couro é de excelente material e é a matéria-prima mais cara usada na manufatura de calçados.

Livros de Andrzej Sapkowski

Durante o conto O Limite do Possível, o bruxo Geralt de Rívia é contrato para matar um basilisco por 200 lintares.

Big Quote Left.png
Que tempos desgraçados, meu senhor! Há apenas vinte anos quem poderia imaginar, mesmo estando embriagado, que pudessem existir tais profissões? Bruxos! Assassinos errantes de basiliscos! Caçadores ambulantes de dragões e demos dos pântanos!
Big Quote Right.png
O Bruxo (conto) - O Último Desejo
Big Quote Left.png
– Cintra é um país como qualquer outro. Temos aqui lobisomens e basiliscos, e basta procurar bem para encontrar manticoras. Portanto, um bruxo poderá vir a ser útil.
Big Quote Right.png
— Conto Uma Questão de Preço
Big Quote Left.png
(...) Ao lado dela havia um elegante escarpim negro de salto alto, feito de couro de basilisco, a matéria-prima mais cara usada na manufatura de calçados.
Big Quote Right.png
O Último Desejo (conto)
Big Quote Left.png
– No entanto, não conseguirá se livrar do conflito entre o Caos e a Ordem. Embora tenha feito uma comparação com o ferreiro para provar seu ponto de vista, você não é ferreiro. Vi como trabalha. Você adentra uma cava em ruínas e retira de lá um basilisco destroçado. Existe, meu caro, uma enorme diferença entre ferrar um cavalo e matar um basilisco. Você acabou de dizer que, caso a recompensa seja condigna, vai até o fim do mundo para acabar com um monstro que lhe seja indicado.
Big Quote Right.png
— Conto O Limite do Possível
Big Quote Left.png
– Venha, minha boa gente! Aqui, junto de mim! Vocês poderão ver com os próprios olhos o mais terrível monstro que os deuses criaram! Um horror! Um autêntico basilisco vivo, o venenoso terror dos desertos da Zerricânia, o diabo encarnado, o insaciável devorador de homens! Vocês jamais viram um monstro como esse! Recém-capturado no além-mar, acabou de ser trazido num navio. Venham admirar um horrendo basilisco vivo, porque nunca mais terão uma oportunidade dessas! É sua última chance! Aqui, em minha tenda, por apenas três patacas. Mulheres com crianças por duas patacas!
– Ah! – exclamou Ciri, afastando com a mão as abelhas que teimavam em voar em torno das peras. – Um basilisco? E vivo ainda por cima? Tenho de vê-lo. Até hoje só o vi em ilustrações. Venha, Fábio.
Big Quote Right.png
Tempo do Desprezo

The Witcher 1

No jogo, os basiliscos não aparecem até o Capítulo IV. O primeiro encontro com eles é geralmente na ilha de Black Tern, mas possivelmente na cripta nos campos. Eles são uma excelente fonte de XP.

Registro no Bestiário

As pessoas comuns chamam o basilisco de rei dos desertos zerricanos e o confundem bastante com a cocatriz. Afirmam que a fera tem tanto ódio por todos os seres vivos que até a sua respiração é venenosa e o seu olhar transforma os descuidados em pedra. O fato de bruxos encontrarem basiliscos em calabouços e porões contradiz as lendas e indica que essas criaturas podem se reproduzir sob qualquer circunstância como a maioria dos monstros imundos. Nos contos de fadas, a maneira mais confiável de se matar um basilisco é segurando um espelho na frente de seus olhos e refletir o seu olhar mortífero. Já os bruxos alegam que é bem melhor usar o espelho para bater com força na cabeça do basilisco.

Antes de lutar contra uma criatura venenosa como o basilisco, um bruxo bebe Papa-figo para liberar enzimas que aumentam sua resistência a toxinas. Os mais cautelosos preparam uma segunda dose no caso do veneno do oponente de alguma maneira superar esta resistência.

Galeria

The Witcher 3: Wild Hunt

Registro no Bestiário

Em homenagem ao nobre cavaleiro Roderick, morto durante um combate contra um basilisco. Que a fera tenha se engasgado com os seus ossos.
— Inscrição em uma lápide no cemitério de Vizima.
Contrário à crença popular, os basiliscos não podem transformar nada em pedra com os seus olhos. Porém, isso não serve de muito conforto com as suas garras e dentes venenosos e ácidos oferecendo vários outros tipos de morte.
Basiliscos adoram lugares escuros e úmidos, como porões, cavernas e esgotos de cidades. Caçam durante o dia, esperando pacientemente pelas suas presas e saltando sobre elas de uma vez com um ataque letal.
Ao se preparar para lutar contra uma criatura dessas, deve-se beber Papa-figo, que oferecerá resistência ao veneno do basilisco, e preparar Estrelas Dançantes ou bombas de lasca, que funcionam muito bem contra basiliscos.
O couro do basilisco é um material bastante valorizado na confecção de sapatos de alta costura e bolsas para mulheres. Por esse motivo, muitos homens com a coragem elevada pelo desejo por ouro se aventuram a caçá-los. A maioria dessas caçadas termina desastrosamente, mas alguns conseguem matar a criatura, o que levou a um declínio drástico na sua população recentemente. Alguns magos e druidas acreditam que os basiliscos deveriam ser colocados nos programas de proteção às espécies em extinção. Todos os demais acham que esses magos e druidas enlouqueceram de vez.

The Witcher: Monster Slayer

No jogo móvel Monster Slayer, os basiliscos são classificadas como monstros de raridade comum.

Twms trophy basilisk.png

Ocorrências:
Pode aparecer mais facilmente em pântanos, mangues, bem como nas proximidades de rios e outros corpos d'água.
Prefere evitar os povoados.

Big Quote Left.png
Por razões desconhecidas, os basiliscos têm uma notável aversão a alfaiates, que podem detectar a uma grande distância.
Big Quote Right.png
— Entrada no Bestiário

Netflix's The Witcher

The Witcher: Lenda do Lobo


Referências

Advertisement