FANDOM


Gwent (original: Gwint) é o jogo de cartas citado no livro Batismo de Fogo.  

Os anões são ávidos fãs do Gwent e suas cartas se destacam pelo excepcional trabalho e a alta qualidade dos desenhos. Quando comparadas as cartas usadas pelos humanos, as dos anões são verdadeiras obras-primas.  

Gwent em Batismo de Fogo

Big Quote Left
Zoltan, Yazon Varda, Caleb Stratton e Percival Schuttenbach sentaram-se perto da carroça e entretinham-se com seu jogo de cartas preferido, o Gwent, ao qual dedicavam todo o tempo livre, como durante as tardes chuvosas anteriores.


Às vezes, o bruxo sentava-se com eles e torcia, e assim o fez agora. Ainda não conseguia entender as complicadas regras desse jogo típico dos anões, mas ficava impressionado com o trabalho excepcional das cartas, com a alta qualidade dos desenhos. Em comparação com as cartas usadas pelos humanos, as dos anões eram verdadeiras obras-primas de poligrafia.
Big Quote Right
Big Quote Left
As habilidades dos anões na área do carteado só não haviam conseguido monopolizar o mercado porque as cartas eram menos populares do que os dados entre os humanos, que, além do mais, não se importavam com questões estéticas. Os aficionados de carteado, gente que o bruxo teve a oportunidade de observar inúmeras vezes, usavam sempre cartas amassadas, tão sujas que antes de colocá-las na mesa era necessário desgrudá-las cuidadosamente dos dedos. As figuras eram desenhadas de maneira tão desleixada que só se podia diferenciar a dama do valete porque este montava um cavalo, que, aliás, parecia mais uma doninha coxa.


As figuras nas cartas dos anões não apresentavam tais erros. O rei com sua coroa era verdadeiramente real, a dama mostrava-se bela e formosa, e o valete, armado com alabarda, tinha um bigode arrogante. Na língua dos anões, essas figuras chamavam-se hraval, vaina e ballet, mas Zoltan e sua companhia usavam no jogo a língua comum e os nomes humanos.
Big Quote Right
Big Quote Left
A regra fundamental desse jogo lembrava um leilão no mercado de cavalos, tanto em intensidade como no timbre da voz dos participantes. A dupla que oferecia o “preço” mais alto tentava conquistar o maior número de cartas, e a outra dupla procurava interferir de todas as maneiras possíveis. O jogo transcorria de forma brusca e barulhenta. Todos os jogadores mantinham um pau grosso a seu lado, que raras vezes cumpria sua função, mas com frequência era usado para ameaçar o adversário.
Big Quote Right

Gwent em The Witcher 3: Wild Hunt

Em The Witcher 3: Wild Hunt, o Gwent aparece como uma adaptação do jogo citado no livro Batismo de Fogo.

Big Quote Left
Gwent: para muitos. um jogo divertido de cartas, para outros, uma nobre empreitada - e até um vício perigoso que suga cada moeda do bolso e cada minuto do dia. Os jogadores do último tipo costumam ser encontrados com mais frequência dentre os anões, que inventaram o jogo e são os seus praticantes mais apaixonados. A devoção desse grupo inclui até os acessórios de gwent, acima de tudo as cartas, que são fabricadas por eles com muito cuidado e destreza: e, de fato, as cartas pintadas pelos mestres anões costumam ser consideradas obras de arte em miniatura. Em outras épocas, esses jogadores dedicavam tanta atenção ao gwent quanto a talhar suas clavas, que os competidores deixavam ao seu lado para arrebentar a cabeça do adversário no caso de uma discussão.

Conforme essas rixas foram ficando cada vez menos comuns, as clavas foram virando ameaças implícitas muito mais que verdadeiras armas, até que finalmente acabaram caindo em desuso e ficando quase no esquecimento.

Hoje em dia, os jogadores de gwent são encontrados quase por todos os lados, desde as Ilhas Skellige (para as quais o jogo foi levado pelo druida Arminho) até os Reinos do Norte e o Império Nilfgaardiano.
Big Quote Right
The Witcher 3: Wild Hunt

Descrição:

GWENT-image-970x545
Gwent é um jogo de cartas no qual cada oponente joga com um baralho personalizado que simula o encontro de dois exércitos em batalha. Os jogadores são generais e as cartas são suas forças. Jogadores de Gwent usam os seus próprios baralhos personalizados.

Você pode construir um baralho para cada uma das cinco facções – Nilfgaard, Reinos do Norte, Monstros, Scoia'tael e Skellige. Cada facção possui uma quantidade de cartas únicas que incentivam um estilo de jogo diferente. Cada facção também possui uma habilidade especial:

  • Nilfgaard – Líder Emhyr var Emreis: Vence qualquer rodada que terminar em empate.
  • Reinos do Norte – Líder Foltest: Recebe uma carta extra após cada rodada vitoriosa.
  • Scoia'tael – Líder Francesca Findabair: Decide quem jogará o primeiro turno de uma batalha.
  • Monstros – Líder Eredin Bréacc Glas: Mantém uma carta de unidade aleatória no campo de batalha após cada rodada.
  • Skellige - Líder Crach an Craite ou Rei Bran: 2 cartas aleatórias do cemitério são colocadas no campo de batalha no início da terceira rodada.

O número total de cartas de Gwent que pode ganhar de comerciantes é limitado e você só pode ganhar uma carta de cada comerciante. Se quiser adicionar cartas ao seu baralho de Gwent, desafie e derrote NPCs e procure por cartas ocultas pelo mundo.

Regras:

Gwent-final

No Gwent, a dinâmica do jogo simula um duelo entre dois exércitos. O campo de batalha é dividido em duas partes, e cada uma delas tem três fileiras. As unidades que lutam de perto ficam na fileira mais próxima ao centro, atrás delas, ficam os arqueiros e outros combatentes com ataques a distância, mais para trás, ficam as máquinas e criaturas usadas para criar um cerco.

  • Os dois jogadores contam com baralhos compostos por pelo menos 22 cartas de unidade e no máximo dez cartas especiais, e cada um deles precisa de uma carta de líder.
  • Começa o jogador que ganhar na moeda.
  • Cada jogador compra dez cartas aleatórias do baralho e pode trocar duas dessas cartas antes de começar a rodada.
  • Ganha cada rodada o jogador que atingir o maior número de pontos com as cartas usadas naquela rodada.
  • O primeiro a vencer duas rodadas ganha o jogo, o que significa que é possível jogar no máximo três rodadas no total.
  • O prêmio do vencedor é combinado pelos jogadores antes de cada partida – em geral, a aposta é um saco de moedas ou uma carta rara.

Tipos de Cartas

Há três tipos de cartas de unidades, que são a essência do exército de um jogador:

  • unidades de combate corpo a corpo
  • unidades de combate a distância
  • unidades de cerco.

Cada uma dessas cartas terá um número de pontos de força e também poderá ter habilidades especiais.
Também existem cartas especiais que não têm pontos de força, mas influenciam o andamento do jogo de outras formas.
As cartas de unidade que contêm heróis famosos não só têm muitos pontos de força, mas também oferecem a vantagem de conseguirem ignorar o efeito de todas as cartas especiais. Essas são as cartas de gwent mais raras e valorizadas. O mais comum é que elas tenham que ser conquistadas dos melhores jogadores ou compradas dos colecionadores por muito dinheiro.

Dicas

O livro "Um guia miraculoso de Gwent" contém informações sobre quais cartas de Gwent o jogador não possui.

O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.