Wiki The Witcher
Advertisement

O reino de Lyria e Rívia é um dos Reinos do Norte, localizado ao norte do rio Yaruga, governado pela rainha Meve. O brasão é representado sob a forma de uma águia e losangos.

Mahakam compõe-se como uma barreira entre o país e Teméria. E o largo vale de Dol Angra, uma rota de comércio valiosa, ligao sul de Lyria e Rivía ao extremo norte de Aedirn.

Durante a Segunda Guerra do Norte o país sofreu um grave golpe do império de Nilfgaard. E a rainha Meve, então desaparecida, foi considerada morta. Foi só após A Paz de Cintra que o reino voltou a ser reconstruído.

Além disso, Rívia foi cenário do fatídico Pogrom que culminou na morte do bruxo Geralt.

No início do jogo, The Witcher 3 Lyria e Rivía é vítima de outra invasão de Nilfgaard.

Livros de Andrzej Sapkowski

Durante a Segunda Guerra do Norte, Nilfgaard conquistou os reinos de Lyria e Rívia após este atacar o forte fronteiriço de Dol Angra. durante o encontro dos feiticeiros em Thanedd. O império precisou de apenas três dias para tomar de assalto Spalla e Scala, os dois fortes fronteiriços de Lyria. Facilitando a chegada em Aldersberg e a conquista de Vengerberg, em Aedirn, em seis dias. Após este evento muitos pensaram que a rainha Meve, então desaparecida, estava morta. Na realidade a rainha iniciou uma guerrilha contra Nilfgaard. Além da cavalaria do que sobrara de seu exército, os lyrianos aceitavam sob seu estandarte mercenários e bandidos comuns. Logo, a chamada Rainha Branca atravessou o Jaruga com seu esquadrão, sem medo, ocasionando a famosa Batalha do Pontão. Onde Geralt de Rívia foi ordenado cavaleiro.

Os detalhes importantes da trama terminam aqui.

Heráldica

Arquivo:COA Lyria.pngCOA Rivia.pngArquivo:COA Lyria Rivia.pngArquivo:COA Lyria Rivia2.png

Os brasões do exército tanto de Lyria quanto de Rívia são descritos nos livros. Sendo o de Lyria representando por uma água negra e Rívia pelos losangos vermelhos. Ilustração por Mboro.

Lyrianos conhecidos

Família Real

Outros

Cidades e Fortalezas

Advertisement