FANDOM


Big Quote Left
– Eu sou apolítica. – Margarita Laux-Antille ergueu a cabeça. – Minha escola é apolítica. Estou falando de todos os tipos, gêneros e espécies de política que existem!
Big Quote Right
Batismo de Fogo
Margarita Laux-Antille, também chamada de Rita, é uma feiticeira e reitora de Aretusa. Ela é, provavelmente, a neta da famosa Ilona Laux-Antille e membro fundadora da Loja das Feiticeiras. Ela não tem interesse em política, mas se preocupa profundamente com sua escola e alunos.

Margarita foi a única, junto com Sheala de Tancarville, a ter seu retrato salvo do fogo após a Caça às Bruxas.

Livros de Andrzej Sapkowski

Big Quote Left
Margarita Laux-Antille emergiu da piscina espargindo água por todos os lados. Ciri não conseguia desgrudar os olhos dela. Vira Yennefer nua mais de uma vez e sempre achara que não pudesse haver alguém que se comparasse a ela na perfeição do corpo. Estava redondamente enganada. Diante da visão da desnuda Margarita Laux-Antille, ruborizariam de inveja até as estátuas de mármore de deusas e ninfas.
Big Quote Right
Tempo do Desprezo
Big Quote Left
– A política não me interessa – declarou Margarita Laux-Antille, reitora da academia de magia. – Simplesmente não quero que as meninas a cuja educação tenho me dedicado sejam usadas como condotieras, enganadas pelos lemas de amor à pátria. A pátria dessas meninas é a magia, e é isso o que eu lhes ensino. Se alguém as engajar na guerra e as colocar no novo Monte Sodden, então elas perderão, independentemente do resultado no campo de batalha. Entendo suas dúvidas, Enid, mas precisamos nos ocupar do futuro da magia, e não dos problemas raciais.
Big Quote Right
Batismo de Fogo
Big Quote Left
O retrato de Margarita Laux-Antille, pendurado em Aretusa, na ilha de Thanedd e que fora salvo por um milagre do fogo.
Big Quote Right
A Senhora do Lago

The Witcher 2: Assassins of Kings

Margarita é mencionada pelo embaixador Shilard Fitz-Oesterlen, como uma das feiticeiras acusadas de ser membra da conspiração, que matou reis do norte. Ela também é condenada à morte, assim como as outros membras da Loja das Feiticeiras.

The Witcher 3: Wild Hunt

Após o massacre em Loc Muinne, Margarita, junto com as outras feiticeiras da Loja, procurou se esconder. No entanto, ela ainda manteve em contato com Filippa Eilhart e as duas discutiram um plano na esperança de reformar a Loja. Mas, esses planos foram suspensos. Temiam os caçadores de bruxas, e inevitavelmente, eles atacaram Aretusa, Margarita e seus alunos foram para Novigrad, ouvindo que Triss estava organizando uma fuga dos magos para Kovir. Infelizmente, ela e seus alunos foram capturados e presos, seus alunos foram queimados, um por um, com Radowid poupando Margarita para o fim. Felizmente, ela foi resgatada por Geralt e Yennefer antes de sua execução.

O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.