FANDOM


COA Vratimir

Brasão usado por Vratimir como descrito em O Último Desejo.

Vratimir era um nobre cavaleiro e embora pudesse portar um brasão, ele não tinha todos os direitos de um nobre, pois ele era um meio-elfo. Fruto de uma união mista entre humana e não humana.

Quando Jaskier foi gravemente ferido pelo Djinn foi Vratimir que alertou ao bruxo Geralt de Rívia que seria preciso a ajuda de um feiticeiro ou mais precisamente de uma poção mágica ou um feitiço de cura. Mas que seria difícil achar um em Rinde.

Livros de Andrzej Sapkowski

Big Quote Left
– (...) Este é meu parente Errdil, e este nobre cavaleiro se chama Vratimir.
– Um nobre… – murmurou Geralt.
No entanto, um exame mais minucioso do brasão bordado na túnica do cavaleiro dissipou suas esperanças: os quartéis do escudo, adornados com lises de ouro, eram cortados diagonalmente por uma faixa prateada. Vratimir não só era filho ilegítimo, mas também fruto de uma união mista: humana e não humana. Como tal, embora lhe fosse permitido portar um brasão, ele não podia ser considerado um nobre com todos os direitos e, certamente, não dispunha do privilégio de atravessar os portões da cidade após o pôr do sol.
Big Quote Right
O Último Desejo
O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.